pintura

terça-feira, dezembro 15, 2009

sábado, novembro 28, 2009

sexta-feira, novembro 20, 2009

comentário

foto de Maria João Franco /atelier


Vicente López Alcayna
Es algo fantástico poder ver tu obra, haces sentir más de lo que podemos imaginar que está en nosotros. Tu arte está vivo y das vida a quien lo puede ver. Ojala pudiera verlo físicamente y no a través de un video o unas fotos por Internet, seguro que me causarían uno de los más grandes y hermosos placeres. Con todo el amor al arte y a ti como su manifestación un fuerte abrazo.

in Facebook

sexta-feira, novembro 13, 2009

É importante dar feedback aos criadores_faz parte da envolvência cultural







Exm.ª Senhora Dr.ª Maria João Franco

Estimada Artista
Peço muita desculpa por invadir a sua caixa de correio.

Sou um colaborador (e amigo) do Dr. Guilherme Valente, e, visitei recentemente a sua exposição no MAC. Tendo visto já obras da sua autoria e tendo ficado “fã”, não poderia deixar passar mais tempo sem expressar a minha opinião de “leigo”, mas também de apreciador que acha importante dar feedback aos “criadores”.

Permita-me e perdoe-me a minha franqueza e esta minha tomada de liberdade e também os possíveis erros nos títulos dos seus trabalhos.

Tenho um enorme fascínio pela criação e pelos que criam e assim brindam e valorizam a comunidade com os seus trabalhos.
É evidente que as suas obras apresentadas possuem uma estética com marca bem forjada e personalizada, com o selo de qualidade da respectiva autora. Está gravada a grande maturidade da artista, isso percebe-se intuitivamente ao primeiro olhar.
As obras mostram um trabalho de mistura de cores nobre, denotando grande mestria e elaboração que apercebemos não ser aleatória nem passageira. Há intenção, há firmeza, há libertação, há afirmação, há uma cascata de inspiração sucessiva materializada na tela. Absorve-se a capacidade de trazer à luz do dia um “todo” muito interessante, algo intimista e uma harmonia de conjunto e de textura global que fica bem na retina, no diálogo com cada apreciador, mas um diálogo que também ele é íntimo. Temos portanto uma intimidade susceptível de se transmitir do artista para o apreciador da arte e de interagir com este.

Cada obra tem de ser aberta pelo observador, tem de se revelar perante um olhar que não se limita a “ver” somente, mas que sobretudo trata de descobrir as possíveis confidências subjacentes, exigindo uma contemplação cuidada e também madura, se o projecto é ir mais profundamente ao encontro das mensagens que se encontram em cada tela.

Há, apesar do conjunto - que faz sentido por ser interligado - em termos cromáticos e temáticos, toques de contraste (assim é em “Planeta dos Macacos” e também por exemplo em “Não, Não Abro Mão da Minha Maré”) e conteúdos propositadamente não revelados, por isso, a riqueza é consequentemente maior. Ocorre igualmente um importante desafio lançado ao fascínio da imaginação de cada observador. Naturalmente encontram-se elementos de sublime sensualidade. Assim é em “íntimo”, um trabalho soberbo que nos convida a levantar cortinas intencionalmente colocadas (talvez o meu preferido).

A agregação de partes que forma um objecto, uma potencial figura, um corpo ou conjunto de corpos ou objectos e seus pormenores descobertos, constituem uma grandeza de conjunto que nos transcende e que assim se engrandece, com uma dada identidade que suscita reflexão e respeito.

Em termos de interpretação – necessariamente subjectiva e especulativa – direi que atrás do que “parece” ser sólido, por vezes sóbrio e até politicamente correcto (e não será exactamente assim), surge mais ou menos explícito o intenso sentimento e até alguma fragilidade e/ou delicadeza bem típica e humana das emoções. Como se muros agrestes e dificuldades fossem sendo superados por soluções encontradas em cada tela, num combate entre o doce e o amargo, o fácil e o muito difícil (por exemplo). O resultado é uma vitória do equilíbrio, de um bom senso, é uma solução espelhando que a intenção ficou bem gravada, mas deixou abertas novas possibilidades. Isso mostra que é verdadeira arte: liberdade! Cada tela mostrará vivências, as quais se podem pressentir e até captar e trazer connosco, porventura recriando-as e dando-lhes novas vidas.

Na contemplação destes trabalhos encontramos alguma homogeneidade, mas também diversidade, como atesta “The dog man” com a sua peculiar selecção de cores e o belo movimento que se capta imediatamente e que cativa os olhares.

Há obras que nos fazem ajoelhar pela satisfação que nos geram, pelo deleite que suscitam, pelo respeito que fazem brotar face à estética e ao excelente efeito cromático. A sua é sem sombra de dúvida uma delas.

Muitos parabéns!
Com as minhas mais cordiais saudações.
Rodolfo Miguel Begonha
por email/ 12-11-2009 18:49

sexta-feira, novembro 06, 2009

"não! não abro mão da minha maré" /MAC-Movimento Arte Contemporânea


de costas para a janela
tecn mista s/tela 100x150 cm/2008



Espaço'MAC -Av Álvares Cabral 58/60
até ao dia 27 de novembro d 2009.


planeta dos macacos/ tecn mista s/tela
100x150 cm / 2008



A mostra pode ser vista
de segunda a sexta das 13h às 20h,sábado, das 15h às 19h
domingo e fora daquele horário, por marcação para tm 96 267 05 32



a mesa /tecn mista s/tela 81x100cm/2001



bestiário / tecn mista s.tela / 100x150cm /2009


no name#4/tecn mista s/tela/150x100cm/ 2009

no name#3/tecn mista s.tela/150x100cm/2009



não!não abro mão da minha maré


tecn mista s/tela 150x100cm /2009



monólogo urgente da memória

tecn mista s/tela /81x100cm/2009


intimo
tecn mista s/tela
160x60 cm/2009

homenagem /tecn mista s/tela 81x100 cm/2009
ver mais em


quinta-feira, outubro 08, 2009

45 anos de carreira

MARIA JOÃO FRANCO

"não!não abro mão da minha maré"

MAC-Movimento Arte Contemporânea

Inaugura no Espaço'MAC da Av. Álvares Cabral 58-60 Lisboa
no dia 3 de novembro pelas 19 horas
e vai estar patente até 27 de novembro de 2009


A exposição pode ser visitada de segunda a sexta,das 13h às 20h
sábados, das 15h às 19h
fora deste horário, por marcação, tm 96 267 05 32

MAC- Movimento Arte Contemporânea
Rua do Sol ao Rato 9C 1250-260 Lisboa tel. 21 385 07 89
Av. Álvares Cabral 58/60 1250-018 Lisboa tel. 21 386 72 15

mac@movimentoartecontemporanea.com
http://www.movimentoartecontemporanea.com/
http://www.movartecontemporanea.blogspot.com/
http://www.alvarolobatodefaria.blogspot.com/


http://www.mariajoaofranco.com/
mail@mariajoaofranco.com
franco.mariajoao@gmail.com

segunda-feira, setembro 07, 2009

Não! naõ abro mão da minha maré.

" não! não abro mão"

No MAC-Movimento Arte Contemporânea, a partir de 3 de Novembro de 2009,
exposição comemorativa dos 45 anos de carreira
Não!não abro mão da minha maré.

segunda-feira, agosto 31, 2009

de costas para o espelho (cena íntima)


Na Galeria ARC 16 em Faro,
a partir de 3 de outubro de 2009

sábado, agosto 22, 2009

Representação na Feira de Shangai/SHANGAI ART FAIR 2009


2009 (13th) Shanghai Art Fair will be grandly held in Shanghai MART from Sep. 9 to Sep. 13.
Galeria 57 – arte contemporânea, founded in November of 1997.
The group of artists represented by the gallery reveals highly individual approaches. It is characterized by a variety of tendencies as well as by coherent research work.
2009 (13th) Shanghai Art Fair será realizada em Xangai MART de 9 a 13 de Setembro.
Galeria 57 - Arte Contemporânea, fundada em Novembro de 1997. O grupo de artistas representado pela galeria revela abordagens muito pessoais e particulares e é caracterizada por uma variedade de tendências assim como um trabalho de investigação muito coerente.
Representative Artists/ Artistas RepresentadosAlexandre Baptista /André Pedro /António Quintas / Damião Porto /Diogo Muñoz /Gil Maia / João Paulo /José Luís Tinoco /Maria João Franco /Pedro Besugo /Rosário Ribeiro /Vivilde Ferreira

sexta-feira, agosto 21, 2009

quinta-feira, agosto 20, 2009

segunda-feira, agosto 17, 2009

paredes




fotos de Maria João Franco


terça-feira, agosto 11, 2009

quarta-feira, julho 01, 2009

MAC´2009 Prestígio



"Contar o nosso percurso passa por reconhecer o mérito daqueles que se envolvem no nosso projecto, tornando público o nosso reconhecimento a todos quantos desde o início perceberam e colaboraram no objectivo comum do nosso projecto.

Uma vez mais, este ano, distinguimos de entre os artistas que connosco colaboram aquela que, pela disponibilidade demonstrada em todos os contactos estabelecidos, pela maneira desinteressada com que divulgou e promoveu as nossas actividades, actualizando grande parte da informação referente a este espaço, se assumiu como uma colaboradora incansável.

Pela generosidade demonstrada, que nos merece profunda gratidão, distinguimos com o Prémio MAC`2009 Prestígio a Pintora Maria João Franco."

terça-feira, junho 16, 2009

o dia dos olhos vendados

tecn.mista s/tela
100x81 cm
2009

terça-feira, junho 02, 2009

Kunstart 09 Bolzano Itália


Kunstart 09, qualità e valore


23/05/2009
di Antonella Iozzo

“Arte dentro gli stand , arte fuori di noi, Arte intorno a noi con la Galeria57 di Leiria Portogallo, ogni artista un segno di creatività che ricade come essenza della realtà, quella vissuta, quella intuita, quella condivisa dalla galleria con professionalità e credo etico.

Dalla pennellata materica, incisiva, gestuale, poetica e perturbante, lirica e struggente, ruvida e sgocciolante flutti di sensibilità di Joao Franco,...”
“Arte dentro dos stands, arte fora dos nós, arte à nossa volta com o Galeria 57 de Leiria ,Portugal, em cada artista um sinal da creatividade que se impõe como a essência da verdade, que cada um viveu, que o intuiu, isso compartilhou a galeria com o professionalismo e o sentido ético.
Lírica e dramática, áspera e também fluida, a pincelada umas vezes matérica, incisiva, gestual, poetica e perturbadora, fruto da sensibilidade de Joao Franco,...”

http://www.bluarte.it/Content/898/kunstart_09__qualit%C3%A0_e_valore.aspx

sábado, maio 30, 2009

sábado, maio 16, 2009

Art Fair of Bolzano 2009 - Italy - Feira de Arte de Bolzano


KunStart - International modern and contemporary Art Fair of Bolzano 2009 -Italy

invited by/a convite de Galeria 57
curator/curador Duque Vicente
maio 2009

sexta-feira, maio 01, 2009

De amore # 1

de amore #1
óleo s/tela
81x100cm
2009

quinta-feira, abril 23, 2009

Dia da Mulher na Fundação Oriente.Macau .China

invited by Galeria 57 Leiria.Portugal/Orient Foundation Macau.China
a convite de Galeria 57 Leiria.Portugal/ Fundação Oriente Macau.China