pintura

sexta-feira, julho 30, 2010

"O Fado" _ Paula Cabral Art Gallery


Inteiramente consagrado ao universo da canção urbana de Lisboa, o Museu do Fado abriu as suas portas ao público a 25 de Setembro de 1998 celebrando o valor excepcional do Fado como símbolo identificador da Cidade de Lisboa, o seu enraizamento profundo na tradição e história cultural do País, o seu papel na afirmação da identidade cultural e a sua importância como fonte de inspiração e de troca inter cultural entre povos e comunidades.
O Museu do Fado integra várias valências, para além da sua exposição permanente: um Centro de Documentação, uma Escola (com cursos de guitarra portuguesa e gabinete de canto) uma Loja temática, um auditório com programação regular de eventos, bem como um espaço de restauração/cafetaria.
Desde a sua abertura ao público, para o Museu têm convergido os espólios de centenas de intérpretes, autores, compositores, músicos, construtores de instrumentos, estudiosos e investigadores, artistas profissionais e amadores, em suma, de centenas de personalidades que testemunharam e construíram a história do Fado e que não hesitaram em ceder-nos os testemunhos do seu património afectivo e memorial para a construção de um projecto colectivo.
A todos eles o Museu presta a sua homenagem, investigando, conservando e promovendo as singularidades desta arte performativa, oriunda nos bairros históricos de Lisboa.

Entirely devoted to Lisbon's urban song universe, Museu do Fado opened its doors to the public on the 25 September 1998, celebrating Fado’s exceptional value as an identifying symbol of the City of Lisbon, its deep roots in the tradition and cultural history of the country, its role in the cultural identity statement and its importance as an inspiration source and intercultural trade between people and communities.
Apart from its permanent exhibit, Museu do Fado comprises a Documentation Centre, a School (offering Portuguese guitar and singing lessons), a thematic shop, an auditorium with a regular schedule of events and a restaurant/cafeteria area.
Since its opening to the public, the Museum received the spoils of hundreds of interpreters, authors, composers, musicians, instrument builders, students and investigators, professional and amateur artists; that is, hundreds of personalities who witnessed and built Fado’s history and did not hesitate to give us the testimonies of their affective and memorial patrimony in order to create a common project.
Museu do Fado pays tribute to all of them, investigating, maintaining and promoting the singularities of this performing art, born in Lisbon’s historic neighbourhoods.
Estimados amigos, coleccionadores e visitantes
A Paula Cabral Galeria tem o prazer de se associar à iniciativa recentemente aprovada, por unanimidade, na Assembleia Municipal de Lisboa, à Candidatura do FADO, como Património Cultural e Imaterial da Humanidade.
  • Além desta mostra que inaugura no próximo dia 27 de Julho pelas 21h30, com o apoio do Museu do Fado, a Galeria convida-o igualmente a assistir aos seguintes eventos, decorrentes desta Exposição Colectiva que estará patente até 31 de Agosto
    Dia 29 de Julho às 19h00 - Conferência com Daniel Gouveia sobre o Fado acompanhado pelo guitarrista Tiago Morna para fazer algumas demonstrações deste género musical.
    Dia 20 de Agosto às 21h30 – Fado vadio

    Horário de Verão da Galeria: Terças a Sábados, das 15h00 às 22h00

1 comentário:

João Videira Santos disse...

Gosto das telas!
Parabéns!