pintura

domingo, abril 13, 2008

as coisas que nunca te direi


Sinto o gosto do teu saber amar
Sinto o cheiro do teu saber olhar
Sinto o amor das minhas ilusões

Sei que foges deste mar ausente
Sei quanto nele estás presente
Sei, também, que podes
não saber nele estar.


14 de Março de 08
Maria João Franco

Sem comentários: