pintura

terça-feira, maio 20, 2008

Vou ter que te deixar agora...


Vou ter que te deixar agora meu amor
tão perto da loucura
que não sei
se tudo aquilo que sinto
por mim foi inventado,
ou
se afinal
tudo foi
para mim
aquilo que inventei.

Maria João Franco

Sem comentários: